• Isso é Noticia

Acelen investe R$ 500 mi para ampliar produção de ex-refinaria da Petrobras

Quatro meses após assumir o controle da Refinaria de Mataripe, na Bahia, a Acelen, braço do fundo de investimento árabe Mubadala, vai investir R$ 500 milhões para modernizar a unidade e aumentar sua capacidade de produção, que deve passar de um fator de utilização médio de 65% em 2021 para 97%.

As mudanças levarão um ano para serem concluídas e vão atingir 11 das 26 unidades de produção, informou a Acelen. A parada programada vai gerar quatro mil postos de trabalho até o pico das atividades, previsto para outubro de 2022.

Segundo a companhia, o objetivo é fazer com que a refinaria de 70 anos vendida pela Petrobras atinja os mais altos níveis e padrões de segurança e excelência internacionais, aumentando assim a competitividade da unidade dentro e fora do Brasil.

“Esta estratégia possibilita a Acelen a oportunidade de apresentar novos produtos, otimizar o atendimento aos seus clientes, expandir sua produção para outros mercados, e, simultaneamente, garantir segurança no abastecimento do mercado regional e nacional”, explicou a empresa em nota.

A Refinaria de Mataripe, ex-Landulpho Alves, tem capacidade para processar mais de 300 mil barris de petróleo por dia, o que corresponde a 14% da capacidade total de refino do País. esponde também por mais da metade do abastecimento na região Nordeste. A empresa tem mantido seus preços mais alinhados com o mercado internacional do que a Petrobras, e já admitiu a possibilidade de exportar produtos se os preços internos não seguirem a livre concorrência.

Autor/Veículo: Isto É Dinheiro

8 visualizações0 comentário