• G1

Dólar opera instável em dia de definição de juros nos EUA

Na terça-feira, moeda norte-americana recuou 1,22%, a R$ 5,4346.


O dólar oscila nesta quarta-feira (26), com agentes do mercado de todo o mundo em modo de espera antes da decisão de política monetária do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, que será anunciada mais tarde no dia.


Às 13h59, a moeda norte-americana subia 0,04%, cotado a R$ 5,4360.


Na terça-feira, o dólar fechou em queda de 1,22%, cotado a R$ 5,4346. Com o resultado, a moeda norte-americana acumula queda de 2,51% no mês e no ano.


Cenário

"Hoje o centro das atenções será o Fed", disse à Reuters Alexandre Netto, chefe de câmbio da Acqua-Vero Investimentos.


Segundo o especialista, há fortes expectativas de que o banco central norte-americano sinalizará o início de um ciclo de aumento de juros a partir de março, com os mercados já precificando quatro altas nos custos dos empréstimos neste ano. Isso configuraria uma postura mais "hawkish", ou agressiva no combate à inflação elevada, do que o inicialmente previsto pelos mercados, disse Netto.


Isso é visto, no geral, como positivo para o dólar, já que juros mais altos na maior economia do mundo tenderiam a elevar o ingresso de recursos no mercado de renda fixa dos EUA.


Enquanto trabalhavam em modo de espera antes do comunicado de política monetária do Fed, que será divulgado às 16h (de Brasília), os investidores também monitoravam o noticiário em torno das tensões na Ucrânia, que têm potencial de "fazer preço em um movimento de aversão ao risco" ao longo da sessão, disse Netto.


No Brasil, dados desta manhã mostraram que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial, subiu 0,58% em janeiro, sobre alta de 0,78% no mês anterior. Pesquisa da Reuters com economistas estimava alta de 0,43% para o período.


Fonte: G1


2 visualizações0 comentário