• CNN

Ibovespa cai mais de 2% e dólar sobe com temores de medidas contra Ômicron

Mercado tende a se resguardar em investimentos mais seguros diante da possibilidade de novas restrições


O dólar começou esta segunda-feira (20) em leve alta frente ao real. Os movimentos da moeda estão relacionados ao temor de investidores de todo o mundo de que a variante Ômicron deve grandes economias a adotar medidas mais rígidas de combate à Covid-19. O cenário também afeta o Ibovespa, que caía mais de 2%.


Diante desse quadro, a tendência é que o mercado busque ativos considerados seguros. A moeda americana está entre eles.


Às 13h51, no horário de Brasília, o dólar à vista subia 0,44%, a R$ 5,7212 na venda. Já o Ibovespa caía 2,21%, aos 104.835 pontos.


O aumento das infecções globais pela variante provocava preocupações nos mercados financeiros, uma vez que vários países europeus e o Reino Unido avaliam a possibilidade de restrições durante o Natal.


No Brasil, há expectativa de votação do relatório final do Orçamento de 2022 na Comissão Mista do Orçamento. Na última sessão, na sexta-feira (17), o dólar spot subiu 0,08%, a R$ 5,6845 na venda.


O Banco Central fará neste pregão oferta líquida de até 14 mil contratos de swap cambial tradicional, distribuídos entre os vencimentos 1° de agosto e 3 de outubro de 2022.


A autarquia também disponibilizará até 15 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem do vencimento de 1° de fevereiro de 2022.


Fonte: CNN


1 visualização0 comentário