• Investing

O que Está Por Trás da Alta Recente do Petróleo?

Por que o barril do petróleo WTI tem subido tanto ultimamente? Seus preços estavam abaixo de US$63 há menos de dois meses e, nesta semana, superaram a marca de US$80, nível mais alto desde 2014, quando ocorreu o último grande ajuste de preços.


Vamos analisar melhor essa questão para saber o que realmente está afetando os preços. Como veremos, a valorização do barril deve-se mais a uma questão de sentimento e especulação do que propriamente a um reflexo dos fundamentos de oferta e demanda.

Situação de oferta e demanda

É bem verdade que a demanda aumentou durante o verão nos EUA e os estoques de petróleo e gasolina caíram. Entretanto, essa tendência está se revertendo agora. De acordo com dados da GasBuddy, a demanda de gasolina em setembro caiu 3,35%. A economia ainda sente os efeitos do vírus da Covid, e existem fortes indicações de que centros econômicos no norte dos EUA enfrentarão outra onda neste inverno.

Além disso, a taxa de utilização das refinarias, na semana passada, era de 89,6%, segundo a EIA, agência de informações energéticas do país. A EIA também relatou que houve um aumento nos estoques de gasolina. Esses dados não indicam que há escassez de oferta atualmente ou que possa existir no futuro.

Cabe lembrar que a produção no Golfo do México, que havia sido prejudicada pelo furacão Ida em agosto, restabeleceu-se plenamente há algumas semanas. Não foi sem razão que os transtornos causados pelo Ida tenham feito os preços subir em agosto e setembro. Mas não é um bom argumento para a valorização vista em outubro.

Produtores de shale oil não estão aumentando oferta

As empresas de shale oil fizeram com que o sentimento do mercado esperasse preços mais altos de duas formas: 1) a produção das maiores empresas do segmento não voltou para os níveis pré-Covid, como o mercado inicialmente esperava; e 2) executivos do setor disseram recentemente que não iriam elevar a produção, mesmo com preços mais altos.

Antes da Covid, a produção petrolífera nos EUA atingiu o pico de 13,1 milhões de barris por dia (mbpd). De acordo com os números mais recentes, o pico atual de produção no país é de 11,3 mbpd. O mercado esperava uma oferta maior neste momento. Além disso, as empresas de shale oil estão veementemente indicando que não têm a intenção de aumentar a produção no atual ambiente de negócios, não importa quão elevado esteja a cotação do WTI. Observadores do mercado encaram isso como um incentivo para altas de preço.

Medo de escassez de gás natural

Alguns participantes do mercado temem que haverá, em breve, escassez de gás natural nos EUA. A Europa já está enfrentando essa situação, e a Casa Branca alerta que o preço da energia no país pode subir mais de 50% durante o inverno devido à demanda por calefação. Se houver uma escassez de gás natural nos Estados Unidos, vários geradores de eletricidade podem usar óleo como combustível, em vez do gás. Tipicamente, o gás natural é a fonte de cerca de 40% de toda a geração de eletricidade nos EUA.

Especulação

A especulação é sempre a força motriz nos mercados de commodities. As instituições e pessoas investem para ver retornos monetários, e neste momento o mercado acionário americano não está se saindo bem. Investir no mercado petrolífero tem sido muito mais lucrativo nos últimos dois meses.O que Está Por Trás da Alta Recente do Petróleo?

0 visualização0 comentário