• G1

Petróleo Brent supera marca de US$ 80 e atinge maior valor desde outubro de 2018

O preço do petróleo bateu novas máximas em 3 anos nesta terça-feira (28) em meio às restrições na oferta e aumento da demanda com a retomada econômica e a chegada do inverno no Hemisfério Norte.


O barril do petróleo Brent, referência global, chegou a bater a marca de US$ 80 o barril, enquanto o WTI, referência no mercado americano, superou o valor de US$ 75 o barril.


Segundo a agência Reuters, o Brent atingiu pela manhã o valor de US$ 80,75 – a maior cotação desde outubro de 2018. Nesta segunda-feira, o barril fechou em alta de 1,8%, a US$ 79,53, acumulando três semanas consecutivas de ganhos.


O abastecimento global ficou mais restrito devido uma recuperação da demanda de combustível mais rápida que o esperado, mesmo com surtos da variante Delta do coronavírus, e diante da redução da produção causada pelo furacão Ida nos Estados Unidos.


Surpreendidos pela recuperação da demanda, os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, conhecidos como Opep+, tiveram dificuldade em aumentar a produção, pois a falta de investimento ou atrasos na manutenção persistem devido à pandemia.


Os preços do petróleo são pressionados também pela valorização do dólar no exterior, que torna a commodity mais cara para investidores em outras moedas.


O preço do barril do petróleo nos mercados internacionais é um dos fatores utilizados pela Petrobras para definir o preço dos combustíveis nas refinarias do Brasil.

0 visualização0 comentário