• Valor Econômico

Petróleo fecha em alta após dados de estoques dos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira (30), revertendo parte das fortes quedas anotadas nas duas sessões anteriores, recebendo suporte de dados que indicaram uma queda nos estoques americanos da commodity. Os investidores, agora, aguardam também a reunião de amanhã da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+).

O contrato do petróleo Brent, a referência global da commodity, para junho fechou em alta de 3,46%, a US$ 111,44 por barril, enquanto o do WTI americano para maio subiu 3,43%, a US$ 107,82 por barril.

O índice dólar DXY, que normalmente tem correlação negativa com a commodity, operava em queda de 0,60%, a 97,814 pontos, no meio da tarde desta quarta.

Os preços do petróleo anotaram forte queda nas duas primeiras sessões da semana, com os sinais de progresso nas negociações de paz entre a Ucrânia e a Rússia aliviando as pressões altistas das últimas semanas, em meio aos temores sobre o efeito da guerra na oferta global de energia. Mesmo com os ganhos de hoje, ambas as referências do petróleo ainda acumulam perdas de cerca de 5,5% na semana.

Os dados de estoques americanos do petróleo ajudaram também a dar suporte aos preços da commodity, depois de indicarem queda de 3,449 milhões de barris na semana passada, contra expectativa de redução de apenas 1 milhão de unidades no período, de acordo com os analistas consultados pelo "Wall Street Journal"

Os investidores aguardam, agora, a reunião de amanhã da Opep+, mas autoridades de países integrantes do cartel já sinalizaram que o grupo não deve alterar os planos de elevar a produção em 400 mil barris por dia em resposta às sanções contra a Rússia.

6 visualizações0 comentário