• Folha de São Paulo

Preço do petróleo Brent supera US$ 107 com temores de oferta

O preço do petróleo Brent ultrapassou US$ 107 (R$ 494) o barril nesta segunda-feira (4) em uma sessão volátil, uma vez que a liberação de reservas estratégicas por países consumidores não foi capaz de eliminar os temores de oferta decorrentes da invasão da Ucrânia pela Rússia e da ausência de um acordo nuclear iraniano.

"A liberação de barris de reservas estratégicas preencherá o déficit causado por sanções e aversão do comprador ao petróleo russo? Em uma palavra, não", disse Stephen Brennock, da corretora de petróleo PVM.

O petróleo Brent subia 2,6%, a cerca de US$ 107 por barril às 10h08 (horário de Brasília). O WTI (petróleo dos EUA) ganhava mais de 3%, a US$ 102,37 (R$ 472).

Ambos os contratos caíram mais de US$ 1 (R$ 4,6) no início da sessão.

Os preços caíram cerca de 13% na semana passada depois que o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou uma liberação recorde de reservas de petróleo dos EUA e os membros da Agência Internacional de Energia se comprometeram a explorar ainda mais as reservas.

O petróleo atingiu US$ 139 (R$ 641) no mês passado, seu maior valor desde 2008. (Reuters)

2 visualizações0 comentário